domingo, 10 de outubro de 2010

10-10-10

O número 10 sempre foi encarado como número mágico, rodeado de um qualquer sortilégio associado à Natureza.

Pitágoras (séc. V a.C.), na sua numerologia, associava ao número 10 propriedades geométricas e aritméticas muito curiosas. O número 10 era a soma de 1+2+3+4, os quatro primeiros números inteiros, formando a figura geométrica de um triângulo equilátero: 4 elementos de cada lado e todos os lados iguais . Chamava-se por isso Tetraktys da Década. Dela se podem obter, além do triângulo propriamente dito, uma circunfrência, um hexágono, etc.


A magia do número 10 advinha pois destas propriedades únicas, assumindo um carácter divino para os pitagóricos; e há outras razões na Natureza que pesam neste simbolismo:  os humanos possuem dez dedos das mãos, dez dedos nos pés e dez orifícios no corpo...

Ainda hoje o número 10 funciona como base dos sistemas numéricos 'naturais', quer seja na aritmética, nos pesos e medidas, ou no dinheiro. Se é ou não uma coincidência com os nossos dedos das mãos, não sei, mas sabemos que é pelos dedos que as crianças aprendem a contar e as mãos foram, desde os tempos mais remotos da história da humanidade, a sua primeira ferramenta de expressão e cálculo.

Uma coincidência como a da data de hoje, 10-10-10, só se repetirá a 11-11-11 e depois a 12-12-12. Este último soma 36, que multiplicado por 10 dá 360 (graus)!
peroladecultura.blogspot.com
Enviar um comentário