quinta-feira, 9 de dezembro de 2010

Manoel de Oliveira regressa às grandes salas

Prestes a completar 102 anos, o realizador Manoel de Oliveira mostra na quinta-feira na Fundação de Serralves, no Porto, a curta-metragem que fez sobre os Painéis de São Vicente de Fora, encomendada por aquela instituição.
Painéis de São Vicente de Fora, visão poética foi rodado em 2009, mas só agora será exibido em Serralves, dando-se a «feliz coincidência» de acontecer poucos dias antes de Manoel de Oliveira celebrar, no sábado 102 anos, disse à Lusa fonte da instituição.
O filme é uma reflexão pessoal de Manoel de Oliveira sobre uma das obras-primas da pintura portuguesa século XVI, um políptico da autoria de Nuno Gonçalves.
O realizador rodou o filme no Museu Nacional de Arte Antiga, onde os painéis estão expostos, mas acrescentou-lhes vida, com atores a representarem algumas das figuras retratadas na pintura.
Manoel de Oliveira sempre disse que não tem medo da morte e que tem ainda muitos projectos a concretizar, fazendo jus ao título de mais velho realizador do mundo ainda em actividade.
Atualmente, está a trabalhar em pelo menos duas longas-metragens, em fase de financiamento, que deverão ser produzidas pela produtora O Som e a Fúria.
Lusa/SOL
Enviar um comentário