sexta-feira, 21 de maio de 2010

5º Concurso Internacional de Composição da Póvoa de Varzim


A obra «Ocaso», composta por Nuno Figueiredo, aluno da Licenciatura em Música da Universidade de Aveiro, na classe da professora Sara Carvalho, foi seleccionada para integrar a final do Concurso Internacional de Composição da Póvoa de Varzim, na modalidade de música orquestral. A peça pode ser ouvida em estreia mundial, a 23 e 24 de Julho, no decorrer do XXXII Festival Internacional de Música da Póvoa.
«Ocaso», de Nuno Figueiredo, aluno de música do Departamento de Comunicação e Arte, e «Concerto para Orquestra», de Duarte Silva foram as obras seleccionadas para a final da modalidade «Música Orquestral».
O público terá oportunidade de ouvir estes inéditos em concertos integrados no XXXII Festival Internacional de Música da Póvoa de Varzim, a realizar nos dias 23 e 24 de Julho. No final destes concertos, serão anunciados os resultados finais e feita a entrega dos prémios.
O júri da 5ª edição do Concurso Internacional de Composição da Póvoa de Varzim (CICPV) é composto pela docente do Departamento de Comunicação e Arte, Isabel Soveral, Pedro Amaral (presidente), Pedro Burmester e Miguel Azguime.

O Festival Internacional de Música da Póvoa de Varzim (FIMPV) arranca a 9 de Julho com a conferência de abertura intitulada «As Músicas da República», proferida por Rui Vieira Nery. A programação, que se estende de 9 a 31 de Julho, abarca um largo espectro histórico, da Idade Média ao século XXI, e conta com a presença de eminentes solistas e agrupamentos internacionais.


Os apoios aos novos valores e à nova música portuguesa continuam a ser objectivos estruturantes do FIMPV. Além dos jovens elementos que compõem os agrupamentos residentes do FIMPV, foram convidados alguns dos mais importantes instrumentistas portugueses da actualidade, que integram o agrupamento Sond’Ar-te Electric Ensemble, do qual a flautista Monika Duarte Štreitová, aluna de Pós-Doutoramento no DeCA, faz parte. O grupo dedica-se à música portuguesa do séc. XXI.
Em suma, o Festival propõe ao seu público música vocal e instrumental de 80 compositores, entre os quais 15 portugueses (sete obras inéditas). Foram convidados 120 intérpretes, dos mais variados países. Serão prestadas especiais homenagens aos compositores Robert Schumann, Fryderyck Chopin, Hugo Wolf e Jorge Cronner de Vasconcelos, cujas efemérides se comemoram em 2010. Os diversos momentos do Festival decorrem nas Igrejas Matriz, Lapa e S. Pedro de Rates, no Diana Bar, no Auditório Municipal e no Museu Municipal da Póvoa de Varzim.

Sobre Nuno Figueiredo:

Nuno Figueiredo, 27 anos, iniciou os seus estudos musicais na Filarmónica de Santa Comba Dão, de onde é natural, com o Professor Artur Gouveia. Entre 1998 e 2003 dedicou-se ao estudou de trompete no Conservatório Calouste Gulbenkian, em Aveiro. Participou em diversos seminários de composição e improvisação e trabalhou em orquestra de sopro com vários maestros. Nuno Figueiredo é também professor de Classe Conjunto na Filarmónica de Santa Comba Dão e na Banda Amizade, onde desenvolve um reportório novo e específico para orquestras juvenis. Frequenta, actualmente, o último ano da licenciatura em Música, na área de composição, no Departamento de Comunicação e Arte da UA.
Enviar um comentário