quarta-feira, 29 de julho de 2009

Obama diz que talvez se esteja no «princípio do fim» da crise

O presidente norte-americano considerou que se pode já estar a assistir ao «princípio do fim» da crise. Barack Obama justificou esta sua posição pelo facto de a queda da economia ter parado, situação a que não são alheias as medidas aplicadas pelo seu governo.
O presidente norte-americano entende que se pode estar a assistir já ao «princípio do fim da recessão», uma vez que, segundo Barack Obama, «o que é verdade é que conseguimos parar a queda».
Numa reunião pública em Raleigh, na Carolina do Norte, Obama lembrou a capa da última Newsweek que diz que a «recessão acabou», muito embora tenha admitido que «ainda falta tempo para que nos restabeleçamos completamente».
Neste encontro que serviu para dar um “empurrão” ao grande projecto de reforma do sistema de saúde norte-americano, o presidente dos EUA adiantou ainda não haver dúvidas que as medidas tomadas pelo governo «contribuíram para parar a nossa queda económica».
«O mercado está em alta e o sistema financeiro já não está no ponto de recuar», acrescentou Obama, que admitiu contudo que a perda de emprego acelerou para duas vezes que há seis meses e que assinalou a subida dos preços do imobiliário pela primeira vez em três anos.
dn
Enviar um comentário