sexta-feira, 31 de julho de 2009

Reservas de pesca podem ser recuperadas

As tradicionais zonas de pesca do planeta estão em risco de colapso no prazo de poucas décadas, como alertam há anos os cientistas. Um grupo alargado de investigadores de vários países veio agora mostrar que isso pode ser evitado se as autoridades regularem de forma adequada a gestão da pesca comercial.
Este é o resultado de uma investigação publicada hoje na revista Science por uma equipa coordenada por Boris Worm, da universidade canadiana de Dalhousie.
De acordo com os autores, 63% das reservas estimadas de peixe no mundo necessitam de ser reconstituídas para se evitar o desaparecimento das espécies vulneráveis.
"Em todas as regiões constatamos uma tendência inquietante para uma perda crescente dos stock", afirmou Boris Worm, sublinhando, no entanto, que o estudo da sua equipa "mostra que os oceanos não são uma causa perdida".
Segundo os dados apurados pelos investigadores, houve progressos importantes em várias regiões dos Estados Unidos, da Islândia ou da Nova Zelândia, do ponto de vista da recuperação das reservas, que haviam sofrido uma devastação durante décadas de pesca intensiva. Medidas de gestão adequadas para travar essa devastação permitiram a recuperação verificada nos últimos dois anos pela equipa. "Essa gestão abre a porta ao restabelecimento ecológico e económico dessas regiões e é uma esperança global", disse Boris Worm.
dn
Enviar um comentário